(r)evoluções

eu sempre achei a vida muito linda. aprendi com a minha mãe a sentir, até no maior caos que poderia passar no momento, a enxergar alguma luz que fosse para suportar com dignidade a mais terrível provação. e deu certo. assim como todas as dificuldades que todos nós passamos na vida, chega também o momento de calma, de plenitude, de satisfação. conheci todo o tipo de gente esse ano – e até as mais diferentes me ensinaram diversas coisas. principalmente a definir a rota do caminho que quero seguir para o futuro. e nesse meio tempo eu mal sabia que estava me preparando, também, para conseguir ser a garota ideal para manter você na minha vida. e o amor é mesmo assim, ele chega sem dar aviso prévio e toma conta de tudo. a minha zona de conforto acabou com a sua chegada e, magicamente, sinto mais e mais vontade de você no meu mundinho.

mais e mais vontade de te colorir com as minhas tintas
de colar papeizinhos bonitos pra você
de escrever mensagem bonitinha e te mandar no meio do dia
de pensar na gente
de lembrar de cada pedacinho seu
mais e mais.

por mais que eu me sentisse feliz sozinha como estava, não consegui deixar você passar longe. não dou conta mais de fugir de você. parece que meu dia tem o seu nome completando os minutos, seu nome brincando no meu telefone. seu nome está tomando conta de tudo! seu nome, seus olhos, seu sorriso. é mesmo cada pedacinho seu. os dias são mais bonitos quando me lembro da gente, quando você chega lá em casa pra me ver, quando você manda qualquer frase que seja, quando você canta pra mim e por aí vai. o mais legal ainda é que você pensa de uma maneira que eu acho muito linda. e também acho você todo lindo. adoro todos os livros que você lê, todas as músicas que você ouve, todos os casos que você conta, todos os lugares que você me leva para conhecer, todos os seus amigos… é fácil gostar de você. e de tudo o que torna você ser você.

o tal do amor chegou e atrapalhou tudo. a melhor baguncinha que poderia ter acontecido com a minha vida tão quieta. confesso que estava muito bom. gosto de viver com a minha própria companhia. e também é difícil eu trazer alguém pra dentro do meu mundo. não abro facilmente nem gosto disso. mas você conseguiu. você consegue, sem saber de nada, sem muito esforço, o que precisa me dizer, o que precisa fazer para que eu me sinta em sintonia com você. mais importante do que diversão, do que paixão, do que momentos bacanas, você me traz segurança e, o mais engraçado, é que eu te entendo no nosso silêncio. a vida estava linda sem você, sim. mas nada se compara com a minha vidinha cheia das estrelas que você me dá de presente todos os dias. tudo ganha sentido agora que conheci você.

Anúncios