para a minha melhor amiga

WIN-Initiative

acordei com saudades da minha melhor amiga. já faz tempo que venho ensaiando um sms, telefonema, e-mail: os últimos que enviei foram secos demais. sabe quando a gente pensa diariamente um tiquinho em alguém? pois é, estou assim com relação a ela. mas mesmo ela sendo a minha melhor amiga, estou muito sem jeito de falar aquele oi daquela maneira que só nós trocamos. talvez esteja assim por estar me culpando da sumida que protagonizei nas férias. desliguei o celular, a vida, o mundo, e, como ela é um pedacinho dele, acabei desligando nossa amizade temporariamente também. precisei focar na minha carreira, nas minhas decisões, nos meus planos com o namorado, nos estudos. também precisei deixar os amigos na caixinha amarela por questões de crescimento mental, mesmo. agora só penso nas tardes de coca light e marlboro, nas risadas com os programas chulos da tv aberta, nas confidências trocadas e animadas com muito humor negro. queria voltar na nossa “las vegas”, no nosso café, nos lugares daquelas nossas fotos. mas como voltar depois de tantas semanas longe? perdi as migalhas de pão que deixei no caminho.

e venho sofrendo aos pouquinhos com a ida dela. eu sempre soube que um dia ela iria, essa cidade nunca foi merecedora dela, já esperávamos por algo maior há muito tempo. mas é só quando chega a hora que a gente sente de verdade e a falta que ainda não era pra existir, já existe. imaginar que ela não estará mais por perto é angustiante algumas vezes. pensar que a minha referência se esgotará em algumas semanas chega a doer. estou fugindo da despedida, da ida, da mudança. ela representa muito da minha própria vida para mim mesma e ver um ciclo tão importante se fechar é como apagar com água a emoção que vibrava alto em meu coração. ao final disso tudo, só sei que estou com muitas saudades da minha melhor amiga. e estarei com muito mais logo mais.

Anúncios