pensamento de plástico

mimi haddon

já tive aqueles pensamentos intermináveis que colocam em risco tudo aquilo o que temos de melhor na vida. talvez por ter a certeza de que o amor chegou pra ficar, com ele vem a desconfiança típica de tempos tão cinza. passei meses acordando assustada com cenas que traduziam uma enorme distância se formando entre nós – ironicamente nós que sempre fomos tão próximos. eu quase acreditei naqueles flashes. paixão tem dessas coisas, a gente meio que sai do lugar comum e tenta encontrar alguma razão para o que não se sabe direito. mas o tempo passou, pude contar pra você, e a calmaria chegou. o amor compartilhado tem a graça da calmaria. e isso acontece principalmente com você, que é sempre tão ouvinte, tão companheiro, tão humano, tão completo.

quando falo com você deixo todos os pensamentos pré-moldados para trás. é como se um mundo novo repleto de simplicidade enchesse meu cotidiano de esperança e todo o medo escoasse ralo abaixo. os pensamentos de plásticos são trocados por matéria prima especial, orgânica, rara, pura.

são dias simples. mais simples do que se pode imaginar, mas certamente aqueles inesquecíveis que colecionamos em caixinhas para contar para o filhinho numa noite quente de sono agitado.

Anúncios