procura-se um salão

um dilema pessoal que estou passando é ficar sem referência de salão de beleza. haha, é engraçado dizer isso porque quem me conhece sabe bem que isso é normal, pois nunca fui uma pessoa assídua em salões (preguiça!), sempre me virei no que pude para não ter que ir a um. e, pra falar a verdade, também nunca curti o papo furado que rola. mas o problema a que me refiro é ainda mais básico do que tudo isso e se chama cabeleireiro. não sabia que era tão preocupante ficar sem um! a que estava acostumada a ir, infelizmente, não me deixou nada contente na minha última visita, há 5 meses, ela deixou meu cabelo bem tortinho e foi então que ando à procura de um novo lugar para aparar as pontinhas. algo simples, porém, tão complexo quando não fazemos ideia onde arriscar! para não ir muito longe, como acontece nas referências das amigas, e fidelizar em bairros distantes do meu, decidi arriscar em um novo salão que abriu por aqui. dizem que a intuição feminina é tudo e como o achei tão lindo, vai que a mão da cabeleireira é tão incrível quanto a fachada? qualquer dia dou um jeito nisso, porque as madeixas já gritaram socorro há meses…

Anúncios