passado

já briguei no meio do corredor do maior shopping da cidade. e no estacionamento dele também. já discuti dentro do carro, na porta de casa, dentro e fora do quarto. não quis ouvir, já fui ouvida, deixei pra lá. forjei um motivo, escondi razões e exigi a quebra de sigilo. tentei argumentar, explicar, entender. já vi brigas na sala, no aeroporto, na fila do banco. já presenciei flores sendo pisoteadas, diamantes partidos, laços desfeitos, doces perdidos, alianças atiradas ao asfalto. já falei para uma multidão, para ninguém, para mim mesma. já ouvi palavras de desilusão, frases inacabadas, silêncio em meio a lágrimas. já vivenciei términos de casais amigos, de desconhecidos, de famílias inteiras. já vi pessoas que abrem mão do romance simplesmente por não acreditar nele, meninos que mandam tudo à merda, meninas que escondem todos os sentimentos que puderem. já conheci pessoas que não conseguem abrir a boca pra falar nada com nada, que se acham salvadoras de um mundo perdido, que choram sem precisar. já me contaram sobre namoros que não duram 2 semanas, casamentos que se vão em meses, duplas que se tornam trios. nesse vai e vem, quantos serão os corações partidos? há alguma porcentagem real? uma estatística, alguém preocupado com isso? como saber se o coração dele também não se partiu, se foi colado, costurado, grampeado ou se nada aconteceu? como saber se ela desistiu de recuperá-lo, e acabou jogando o seu coração na lata de lixo e nunca mais olhou para trás? e o término, sempre é um alívio? ou seria uma tragédia sem fim pela morte de algo que lhe parecia tão correto? eu já senti alívio, tristeza e alegria. tudo ao mesmo tempo. coração partido traz consigo multi sentimentos, que se espalham pela sua corrente sanguínea e te confunde assim mesmo. você se apega à esperança, ao ego, à verdade. você só quer descobrir um novo mundo de possibilidades que, talvez, somente traga mais equívocos, mais um amor inesperado. você aprende a não mais deixar seu coração se partir e, se acontecer, finge que não e segue em frente – basta uma cola bastão.

Anúncios