o resgate de nós dois

sonhei com uma nova versão de você, repleta de detalhes e apegos. vivenciei situações contrárias à realidade, mergulhei fundo na crença de que finalmente havia chegado o dia do seu regresso. e foi então que você (re) apareceu. presenciei um inédito bom humor e uma alegria invejáveis, levada por você até mim. não sentia insegurança, empecilhos ou incoerências, sentia-me livre diante da sua presença. um grande ar de naturalidade transparecia, convincente estive por todo o tempo em que o vi ali, no meu eterno reduto, no meu mais secreto desejo. atentei a ouvir as boas histórias sobre seu minucioso trabalho enquanto observava seus desenhos à caneta de ponta porosa. tomávamos suco de frutas e escolhíamos bons discos, todos importados diretamente do ano de 2005. as pessoas que insistiam em povoar todo aquele cenário sequer me interessavam, ignorávamos por completo aparições repentinas. nenhuma queda brusca ou susto poderia me acordar do único momento a dois que tivemos após tantos anos, após tantos desencontros.

com o sonho posso resgatar nós dois. nele posso voltar a acreditar no meu amor por você, no seu amor por mim, no nosso mundo de volta. posso imortalizar grandes falas, pétalas de flores, faixas de vinil copiadas com dedicatória. posso conservar aquele tempo, uma das minhas ideias, a última chance. posso voltar a viver um dos nossos grandes momentos, trocar confidências, reconhecer aquele mundo novo de antes. posso te dizer o que não disse antes, apagar a distância, abraçá-lo mais uma vez. podemos voltar a sentir aquele almoço de domingo em família, aquela viagem com os amigos, aquela foto de nós dois dois tirada por um desconhecido.

moramos na mesma cidade, frequentamos os mesmos lugares, conversamos com as mesmas pessoas mas precisamos de um sonho para nos encontrarmos novamente.

Anúncios