a palavra do ano novo

michael paul

no último dia do último dezembro escolhemos palavras. definimos um ano em um único conjunto de letras, cada qual com as experiências pessoais que vivenciou em seu dia a dia. a palavra do ano novo para o meu namorado é esperança. ele tem esperança de que chegue ainda mais perto do topo, de que suas metas sejam alcançadas assim como o fez no ano que acaba de se despedir. a palavra do ano novo para a minha mãe é mudança. ela quer mudar suas concepções diante do que tem como certo – e quer mudar também de casa. a palavra do ano novo para o meu pai é fé. ele segue firme diante de sua inesgotável jornada de autoconhecimento e quer transmitir ensinamentos através do testemunho de sua própria fé. a palavra do ano novo para a pequena letícia é novidade. ela tem um universo de coisas novas para aprender, a começar pela escolinha que começará a frequentar logo já. a palavra do ano novo para a minha cunhada é vida. ela está grávida pela segunda vez e aguarda com muita alegria uma vidinha prevista para o segundo semestre. a palavra do ano novo para o meu irmão é academia. ele pagou um ano inteirinho de mensalidades adiantadas (!). a minha palavra é doçura. tenho doçura o suficiente para acreditar que o mundo que vejo através das faíscas dos meus olhos possa ser melhor. ganhamos um ano novinho para não esquecermos de vivê-lo intensamente, para construirmos boas memórias para o futuro, para continuar a carimbar a agenda com selinhos de viagens inesquecíveis.

tivemos um bom 31 de dezembro. celebramos mais um ano de vitórias. neste dia, não ousamos lembrar do que feriu, errou, partiu. estávamos juntos para rir do acaso e agradecer o que sabemos que virá de bom para nós. e também sabemos bem que muitas coisas continuarão a ser como o são. por isso, nesse primeiro dia útil de 2012, não me preocupo em procurar por ouro, caixas de presente, nuvens coloridas ou fadas. só penso em seguir em frente e continuar a fazer o melhor neste dia que ganhei de presente da vida.

Anúncios