quando fica chato

paula daniëlse140372200

ficou chato. e é como corte de tesoura cega, mascando todos os meus papeis mais bonitos. é como a janela do meu quarto sem os espectros em tons ciano. é como usar amarelo saturado no pôster novo da moldura que brilha. é como errar a mão na água que misturo no meu guache favorito. é como usar pastel seco e vê-lo se espalhar pelo vento gelado que entra sem que eu tivesse deixado. é como ver a cola bastão que tenho na bolsa se transformar em um lixo espacial gosmento.

ficar sem graça é o ponto alto da minha indiferença, que aparece em forma de sorriso plastificado. é o desânimo de constatar que, sim, as coisas são o que são porque assim são e continuarão do mesmo jeito porque assim querem. é perder o controle e não mudar isso, deixar realmente descontrolado por dar muito trabalho em transformar. é receber um soco no nariz e apenas limpar os respingos de sangue. é gritar para o infinito sem ouvir a própria voz, que se vendeu em um canto qualquer e esquecido.

quando fica chato eu sigo em frente com mais perspicácia, afinal, se está chato é porque pior não vai ficar. e tanto faz o que eu fizer – a condição de imobilidade é só um fato. fato que não me importa tanto mais. preciso ser perspicaz porque eu quero mais, sinto mais, sonho mais. e porque, vamos combinar, do que vale a minha vida se eu não inventar tudo o que eu puder? e tentar. sempre. mais e mais. mesmo quando tudo fica muito chato.

Anúncios