a outra mariana

image source87325958

as coisas mais bonitas acontecem naturalmente. e com ela foi bem assim. bastou um final de tarde e duas cadeiras na rua para eu ganhar uma amiga, daquelas que a gente conta todas as coisas que vêm à mente. porque sempre foi muito bom poder falar para ela. falar com ela. rasgar seda, combinar sonhos, trocar sorrisos tímidos, andar pela savassi. conhecê-la é como sentir amor pelos brilhos dos seus olhos que, de tão bonitos, transmitem aquele carinho que a gente quase não se lembra de tão difícil que é encontrar por aí.

e ela é forte. eu achava que era mas ao conhecê-la vi que, não, eu não entendia muito sobre força. ao longo dos anos eu fui percebendo que tinha muito a aprender – e as minhas histórias têm muito dela. a outra mariana é a melancolia em seu formato bonito. mariana é a alegria genuína. mariana é a menina que vê o que quase ninguém vê. é a coragem da águia. o frescor das flores vermelhas. o som de vários emes. e é uma das minhas pessoas favoritas.

mas, assim como todas as pessoas mais legais do mundo fazem, mariana vai embora. vai desfilar de galochas novas em uma cidade linda que é cenário dos meus livros com finais felizes. vai distribuir balas amarelas com cheiro de abacaxi. vai ensinar o que é ser amiga de verdade. então vai, mariana, chegou a hora do seu começo feliz. porque o final ainda nem está perto de chegar. você ainda vai enfeitar muito a caixa de som do cantinho. e ainda vai continuar aquecendo o meu coração como só você sabe fazer, há quase 10 anos.

Anúncios