que seja um sinal

charles gullung
o-matic

vivo por enxergar os sinais. e eles povoam a minha mente desde que abri os olhos pela primeira vez e tive as pupilas dilatadas pela luz do mundo.

perceba, eu prevejo coisas. ou acho que sei demais por poetizar tudo. por fantasiar coisas. por inventar tantas outras. os sinais são as mãos do mundo me puxando para cima, me levando para além das cortinas, me contando em segredo que, sim, é possível viver coisas bonitas que nem as que acontecem em filme milionário.

sinal pode ser os 25 centavos que ganhei na raspadinha outro dia. a nuvem de chuva que passou por mim quando atravessei a avenida afonso pena. o passarinho que deu um rasante quando eu levantei do banco de cimento. o sms que eu recebi quando estava escrevendo o seu. o tropeço na pedrinha azul que derrubou a minha pasta de papelão e o menino bonito a resgatou do chão. o sorriso que a senhorinha de saia floral me deu quando eu abri a porta do prédio para ela. o elogio gratuito que recebo na tarde de segunda-feira. o perfume de baunilha que senti dentro do elevador que peguei depois de perder o outro. a parte da letra da música que tocou quando eu passei em frente à lanchonete sujinha do centro. o fio de cabelo que grudou na minha jaqueta e não era meu. o abraço que um casal deu justamente na hora em que desci do táxi. o sonho ilógico que troca nomes e rostos. o cadarço do tênis que desamarrou justo em frente ao jardim de hortênsias da praça da liberdade. ser o nome do papelzinho escolhido pelo escritor e ganhar o único livro sorteado. o “tudo bem” que eu e minha amiga falamos juntas na hora do almoço. o bolo de limão que voltou a ser vendido na padaria favorita no mesmo dia em que eu acordei sem acordar.

sinal é a sorte que eu pedi pra ter. é colorir a vida sem que ela permita. é falar para mim mesma que, sim, eu posso ser viajante das nuvens se quiser. posso ser correio elegante, cupido fantasiado, espiã infiltrada. eu sigo o sinal e vou. eu posso ir. acredito no poder do sinal, afinal, é ele quem faz esse coraçãozinho perturbado aqui bater mais forte. embaça meus olhos por fazer acreditar que vale a pena te esperar, seja lá quem você for.

………………………………………………………..
♪ para ouvir lendo ● sunday – sonic youth

Anúncios