acredito no simples

sandy nicholson

o-matic

acredito no simples. sempre julguei e optei pela simplicidade. é indescritível o amor que há no simples, afinal, desde a sua própria natureza o simples não ostenta. não engrandece a si mesmo. é a partir do simples que percebo – e vibro! – com muito do que acredito, em sequência. é visceral o que vem do simples.

acredito na boa fé. no esforço individual. no esforço coletivo. na força que é lutar todos os dias para ser alguém melhor. para ser alguém realmente legal. ter boa fé no que faz. no que pensa. no que sente. no que deseja, para si e para os outros. a boa fé com os outros. a melhor de todas as fés. porque o mundo prega peças todas as horas do dia e a convicção é a coisa mais bonita que eu espero irradiar de dentro de mim; e ver em você.

acredito no descontrole. à medida que o tempo passa enxergo autocontrole em todos os que se descontrolaram feio uma vez na vida. a falta de controle que leva ao equilíbrio. o game over que eu tive que encarar e recomeçar. as etapas de um luto que você segue, vencendo uma a uma. não há controle absoluto e linear.

acredito no imperfeito. a imperfeição que é viver. o tombo que o desastrado leva mas gargalha a respeito. a empolgação exagerada que o emotivo se deixa levar por estar sentindo muita alegria. a declaração de amor cheia de gagueira. porque sensibilidade vem disso aí, de gente que sente tanto e atrapalha tudo sem querer. não vejo com bons olhos a perfeição clássica e rotineira. seu custo é muito alto, exige frieza.

acredito em você. acredito em mim mesma. cada dia mais. e, acredite, é realmente um esforço. uma luta. um pensamento positivo que tiro de não sei onde para seguir em frente. sempre. acredito na simplicidade que os meus sonhos têm em comum. na atitude sem pretexto. no singelo sem contexto. acredito em acreditar. para seguir acreditando que esse mundo, sim, ainda tem jeito. ou pelo menos, pra mim, ele tem que ter.

.………………………………………………………..
♪ para ouvir lendo ● hunger strike – temple of the dog

Anúncios