difícil de largar

o-matic


talvez a dúvida
seja medo, mesmo. coisa de gato escaldado que já sabe como é. ou pelo menos não quer passar por certas coisas de novo. é a escala do suportável que passa a medir relacionamentos. aproximações. investidas. o mais triste da dúvida é que ela te cerca de argumentos que te seguram, assassinam o que você tem de mais nobre – como a paciência e a vontade de chegar lá. é injusto sob uma certa ótica, eu sei, mas acontece. simplesmente acontece pra alguns. são os desgastes que se acumulam como poeira pelos anos que passam e que chegam.

e é assim, mesmo, desgastes que algumas vidas acabam passando. acontece pra alguns. é o dobro de esforço pra fazer dar certo. pra voltar a acreditar. pra fazer valer. pra um tanto de coisa que quem nunca passou ou parou pra pensar sobre isso nem imagina como seja. a dúvida chega como um estalinho bem lá no fundo. como um sinal de bluetooth que fica o tempo inteiro ligado. como uma luzinha de led piscando sem parar. é o alarme de despertador que te acorda de 5 em 5 minutos.

a minha dúvida não me larga. tá até difícil de largar. ela cismou que tem um compromisso moral comigo. quer me avisar. sinalizar. chamar a minha atenção. só porque ela quer me lembrar do quanto ser feliz é bom demais pra ser verdade.

.………………………………………………………..
♪ para ouvir lendo ● do you realize?? – the flaming lips

foto: giovani punk
Anúncios